quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Pitéu

muito se engana
pensar que nas
mãos levarei
um
bom
bom
um
cigarro
ou
uma
flor

espere

porque quando eu chegar
pularei em cima de você
como quem faz as pazes

8 comentários:

vanessacamposrocha disse...

linda a forma, (!)

abraços

Bia disse...

...bom, bom bom é tudo bom, mas bom mesmo é saborear suas palavras...beijo

Elaine Olanda disse...

se eu disser que é fofo, não pense que reduzo. é realmente fofo...

Paulo Henrique Motta disse...

Valeu, Elaine.

sua presença por aqui é maravilhosa.

bjs

Carlos Lopes disse...

Amigo Paulo, muito obrigado pela visita. É para mim um prazer receber visistas novas no meu blo. Como é que o encontrou? Se puder, satisfaça a minha curiosidade. Também gosta de Lobo Antunes? Eu adoro-o e para do livro de entrevistas estou também lendo o seu novo romance. Um abraço.

ps: adorei o poema. Vou ler mais. Também eu gosto de os escrever.

Outro abraço.

Wilson Torres Nanini disse...

Leve a flor, deixe que o cigarro se fume a si mesmo num cinzeiro com os restos de cartas de despedida. Às pazes! Abraços!!!

Juliana Caymmi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juliana Caymmi disse...

Gostei...